Games

Eita! Xbox supera Windows e é 3º maior negócio da Microsoft

Com performance positiva, a divisão responsável pelo Xbox vê frutos da Activision, mas demissões continuam

30.01.2024 às 20:03

É oficial: as receitas da divisão de games da Microsoft (leia-se Xbox) superaram as do Windows, segundo o relatório financeiro divulgado pela companhia nesta terça-feira (30).

A performance do segundo trimestre fiscal de 2024 mostra que a gigante gerou US$ 62 bilhões em receita e US$ 21,9 milhões de rendimento líquido, o que representa aumentos de 18% e 33%, respectivamente. Vamos aos detalhes.

Xbox em grande largada

Pela primeira vez, a empresa citou a aquisição da Activision Blizzard como parte da receita adicional gerada no período. Esse montante extra colocou a divisão de games da Microsoft como o terceiro maior negócio dela, acima até do próprio Windows.

Foram US$ 7,11 bilhões movimentados em games, enquanto o sistema operacional ficou em US$ 5,26 bilhões. Os líderes seguem sendo Office, com US$ 13,47 bilhões de receita, e os serviços de nuvem e produtos de servidores, que compõem esmagadores US$ 23,95 bilhões.

microsoft xbox call of duty modern warfare 3

Fonte: Activision

Conteúdos e serviços de Xbox, o que inclui Game Pass, tiveram um salto substancial de 61% na receita. A Microsoft atribui essa guinada à integração da Activision Blizzard King nos negócios.

No campo do hardware, o Xbox viu aumento de 3% na movimentação do caixa, enquanto outros dispositivos da marca, como a linha Surface, HoloLens e acessórios de PC, tiveram queda de 9% na receita. Esse declínio tem ocorrido sistematicamente nos últimos relatórios.

E as demissões?

Infelizmente, mesmo com todo esse cenário positivo, as demissões em massa continuam na empresa. O setor de esports da Activision Blizzard desligou, aparentemente, outros 12 funcionários. Alguns deles se manifestaram nas redes sociais:

Vejamos até onde vai todo esse movimento de demissões das empresas de games e gigantes da tecnologia – mesmo com os registros positivos que muitas têm obtido.

Fonte: The Verge

Comentários
Inscreva-se
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais novo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gabriel
Gabriel
1 mês atrás

Quem tem Windows 10 paga quanto para migrar para o Windows 11? Talvez isso explique! kkkk

Dario
Dario
1 mês atrás

Meio óbvio que haverão mais demissões, imagino quantas áreas devem ter cargos duplicados.