Like a Dragon Infinite Wealth preview Flow Games
Previews

Jogamos! Like a Dragon Infinite Wealth promete ser o auge da série

Viajamos com a SEGA para testar uma prévia impressionante de Like a Dragon Infinite Wealth e te contamos tudo!

04.01.2024 às 12:00

Imagem: SEGA

Como a sua legião crescente de fãs pode atestar, independente de quando, como, e onde foi a sua porta de entrada para o submundo do crime japonês, uma vez que você começa a acompanhar os seus personagens e a caminhar pelas ruas, fica difícil não se apaixonar.

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

Há algo de profundamente mágico nas lentes que o talentoso time da desenvolvedora Ryu Ga Gotoku Studio (RGG) usa para nos mostrar as aventuras de heróis improváveis pelas vielas de Kamurocho ou, agora, no imersivo e ensolarado Havaí de Like a Dragon Infinite Wealth.

Enquanto o nosso mundo real é profundamente polarizado, tóxico e repleto de problemas para pessoas de todos os tipos de ideologias, visões e vivências, a vida em Like a Dragon, mesmo quando envolve assuntos mais controversos, nos oferece uma pegada edificante e inspiradora.

Seja no comando do icônico Dragão de Dojima Kazuma Kiryu ou do quase-novato Ichiban Kasuga, que dividem o protagonismo pela primeira vez na franquia, o time da RGG segue firme na sua visão e oferece histórias cativantes, compelindo o jogador a se identificar e torcer pelos personagens.

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

Longe do machismo e masculinidade tóxica que seguem institucionalizados nas sociedades contemporâneas, a vida em Like a Dragon está mais interessada na beleza dos homens que choram: dos caras que têm afeto por seus amigos e até mesmo rivais.

O resultado dessa mistura toda rende algo verdadeiramente único nos videogames. Como é bom ter mais Like a Dragon para jogar!!

Sol e chuva no Havaí

A convite da SEGA, o Flow Games viajou até Nova York, nos EUA, para um dia muito divertido onde tivemos a oportunidade de jogar vários trechos selecionados da campanha de Like a Dragon Infinite Wealth, que parecia até já ser um produto completo na ocasião.

Assim, no fim de outubro de 2023 experimentamos 4 blocos de jogatina: o maior nos colocava no controle de Ichiban pelas ruas do Havaí, que também era o tema da decoração no amplo espaço que a SEGA reservou para jornalistas de todo o mundo experimentarem o game:

like a dragon infinite wealth prévia

Imagem: Thomas Schulze / Flow Games

Curtindo o “Havaí” com a Chitose Fujinomiya e o produtor-chefe Hiroyuki Sakamoto

Depois disso, em uma confortável estação de jogo com cervejinha e churrasco ao lado, jogamos na surpreendente e divertida Dondoko Island, voltamos ao Japão no controle do Kiryu e, no último bloco, ainda experimentamos uma alucinante luta contra chefão.

Mas antes de dissecar isso tudo, um pouco de contexto com direito a alerta de spoilers para quem não está acompanhando os trailers e sinopse do jogo. Se for o caso e não quiser saber de absolutamente nada sobre a narrativa, pule para o próximo subtítulo, situado logo abaixo da próxima imagem, ok?

Nos trechos que jogamos, enquanto Ichiban se envolvia com confusões e desventuras mais leves no paraíso ensolarado, Kiryu vivia uma realidade bem mais pesada, lidando com um diagnóstico de câncer e então sendo persuadido a bolar uma lista de tarefas para completar antes de morrer.

Só essa breve premissa já aumenta demais a escala das coisas que estão em jogo na nova narrativa, e certamente bateu diferente visitar o karoke local em um dos pedidos da lista e cantar Baka Mitai no que pode ser a despedida do Dragão de Dojima.

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

Para quem chegou agora…

Por envolver uma quantidade gigantesca de rostos conhecidos da franquia, um dos poucos pontos lados negativos de Like a Dragon Infinite Wealth é que dificilmente esse será um bom ponto de partida para quem nunca jogou algo da série.

No mínimo é legal terminar antes a campanha de Yakuza Like a Dragon para conhecer o Ichiban e seus amigos, e estar a par dos acontecimentos de Yakuza 6 The Song of Life e de Like a Dragon Gaiden The Man Who Erased His Name para entender o que rolou com o Kiryu.

Ao ignorar isso, claro que dá para jogar e se divertir com a tonelada de conteúdo e atrativos presentes na campanha, mas muito da carga emocional da narrativa deve ser perdida no processo. Então que tal aproveitar o tempo que falta o lançamento do jogo em 26 de janeiro para tirar o atraso?

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

Seja como for, novatos e veteranos de Like a Dragon encontrarão o maior mapa já feito em toda a série, e ele pareceu estar abarrotado de atividades paralelas, minigames e missões secundárias com o altíssimo padrão de qualidade tradicional da franquia.

No nosso tempo de jogo, reencontramos o Professor Okita para ajudá-lo a seguir financiando as suas máquinas, fomos pescar, e até esbarramos mais uma vez com o Ikari enquanto ele desenvolvia uma nova paixão e trabalhava com mais exames de certificação.

Foi bastante divertido sentar com o Ichiban para fazer uma prova de conhecimentos gerais sobre o Havaí, local que eu tinha visitado meses atrás e ainda estava fresco na memória. Ufa, que com que consegui ser aprovado!

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

Falando em viagens, outra missão habilitou um novo veículo que agora permite fazer “street surfing”, ou surfe urbano pelas ruas, ajudando demais no deslocamento ligeiro. Os dedos agradecem, já que seria cansativo correr por um mapa desse tamanhão, né?

Like a Dragon com ares de Animal Crossing

E agora para algo completamente diferente, Like a Dragon Infinite Wealth faz mais uma maravilhosa aposta maluca, ousada, fofa e divertida ao mesmo tempo com a adição da Dondoko Island. uma ilhazinha à parte que funciona em um gênero totalmente diferente de gameplay.

Foi uma breve sessão de gameplay de cerca de meia hora, mas conseguimos falar um pouco com o produtor Hiroyuki Sakamoto sobre as motivações por trás da adição de algo tão fora da caixa até mesmo para os padrões louquinhos de Like a Dragon.

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

Thomas Schulze: Sakamoto-san, eu sou muito fã de Animal Crossing e, como tal, é um grande elogio dizer que a Dondoko Island me lembrou bastante a experiência da série. Foi uma inspiração? Como decidiram incorporar algo tão diferente na franquia?  

Hiroyuki Sakamoto: “Como Like a Dragon Infinite Wealth se passa majoritariamente no Havaí, um local que possui uma natureza incrível, logo pensamos no que poderíamos trazer de diferente e novo para esse tipo de ambiente. Nossa equipe pesquisou e registrou a fundo as locações no Havaí.

No princípio, estávamos pensando em como seria se o Ichiban fosse parar em uma ilha deserta e tivesse que lidar com sistemas de sobrevivência, mas depois achamos que seria mais divertido se a ilha já estivesse ocupada, tivesse lixo e coisas assim para resolver. Não seria mais legal ter que restaurar uma ilha?”

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

“O objetivo era causar o sentimento de que isso é um modo de jogo totalmente separado porque, como você deve ter notado, trabalhamos com jogos de ação (risos). E na Dondoko Island tem todo esse tema de restauração, de fabricar móveis e itens”, prosseguiu Sakamoto.

“Tenho certeza de que os sistemas podem te lembrar de alguns outros jogos, então nesse caso considere sempre que são homenagens nossas. Nos divertimos muito fazendo esse modo e espero que o pessoal se divirta jogando também!”

Apesar de o gameplay não ser lá tão fluído dentro da ilha Dondoko quanto no resto do gameplay, foi profundamente gratificante dar um tempo na pancadaria para construir cadeirinhas e móveis, e já me imagino gastando dezenas ou centenas de horas por aqui no futuro.

Like a Dragon Infinite Wealth parece fora de série!

Se Like a Dragon Gaiden The Man Who Erased His Name já foi uma experiência maravilhosa mesmo concebido originalmente apenas como um simples pacote de expansão, em Infinite Wealth a RGG Studio parece disposta a romper todos os seus antigos limites de grandeza.

like a dragon infinite wealth gameplay preview

Imagem: SEGA

A nossa demonstração se encerrou da forma mais impactante possível, com a party enfrentando simplesmente um chefe que era um tubarão gigante. Tivemos que pular o contexto para não estragar surpresas, e os personagens estavam já bem upados e bem equipados, mas foi uma batalha surreal e muito divertida.

O combate parece ter bem mais recursos do que o já competente sistema de batalhas do título anterior, e as sinergias e táticas entre os personagens dão um bom frescor e profundidade para o gameplay. Quem curtiu o jogo anterior achará algo bem maior e melhor por aqui.

Aliás, “maior e melhor” parece ser a tônica de Like a Dragon Infinite Wealth. Não se surpreenda se chegarmos ao fim de 2024 com bastante gente o colocando entre os grandes jogos do ano.

Se o resto da campanha seguir o pique da nossa prévia, há até potencial de GOTY por aqui! E você, o que achou do que leu? Ficou empolgado para jogar Like a Dragon Infinite Wealth? Conte para a gente nos comentários logo abaixo.

Comentários
Inscreva-se
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais novo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Lucas
Lucas
3 meses atrás

Ótimo preview, é meu jogo mais aguardado de 2024